25 jan
Viseu

Região

Neve faz encerrar escolas e cortar estradas na região de Viseu. Veja as imagens

por Redação

04 de dezembro de 2020, 12:40

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

A queda de neve que se faz sentir nas últimas horas sobretudo no norte do distrito de Viseu, por causa da depressão Dora, já motivou o encerramento de escolas e a ativação dos bombeiros para a prestação de serviços essenciais.

De acordo com informações das autoridades, a queda de neve notou-se nomeadamente na Serra do Montemuro e em concelhos como Cinfães, Castro Daire, Tabuaço, Tarouca, Resende, Moimenta da Beira e São João da Pesqueira (ver galeria de imagens).

Várias estradas também foram cortadas por causa da neve, nomeadamente a Nacional 2 entre Castro Daire e Lamego, a Nacional 321 entre Castro Daire e Cinfães e a Nacional 226/2 entre Teixelo e Tarouca.

Em Castro Daire, foram encerradas as escolas primárias e os jardins de infância das localidades de Mezio, Picão e Carvalhas. Os alunos destas aldeias também não conseguiram apanhar o autocarro para a escola, sendo que ficaram em casa cerca de 250 crianças e jovens.

Ainda na zona do Montemuro, o serviço de apoio domiciliário prestado por instituições sociais está a ser feito com a ajuda de bombeiros, uma vez que as carrinhas das IPSS não conseguem circular devido à neve.

O adjunto de comando dos Bombeiros Voluntários de Castro Daire, Márcio Ferreira, diz que a neve fez-se sentir no maciço central do Montemuro e também a norte do concelho. “Temos algumas vias condicionadas e temos também uma equipa que está a fazer a distribuição de refeições em apoio a uma IPSS”, refere.

Também em Resende, as crianças e jovens das aldeias serranas não foram à escola. “Todas as crianças que moram em São Cipriano, Panchorra, Talhada, Feirão, Felgueiras, Beirós e por aí fora não vieram. Os transportes não foram feitos nem para as escolas básicas nem para a Secundária, sendo que as crianças estão em casa”, revelou o presidente da Câmara, Garcez Trindade.

O autarca garante ainda que a Proteção Civil municipal e os bombeiros continuam no terreno, fazendo “aquilo o que é possível fazer na serra”. “Desbloquearam alguns carros que ficaram presos, chegaram ao centro comunitário de Felgueiras para levarem as refeições aos idosos e deram apoio domiciliário”, afirma.

Garcez Trindade acrescenta que o limpa-neves também tem estado a fazer o que é devido e que algumas estradas também estão cortadas.

Já em Cinfães, a Câmara colocou sal-gema nas estradas municipais como forma de atenuar os efeitos da neve. “Colocámos sal gema nas estradas que criam mais gelo na Serra do Montemuro e em tudo o que estivesse acima dos 300 metros de altitude. Portanto, não temos problemas nas nossas estradas municipais”, garante o presidente Armando Mourisco.

No concelho, as escolas continuam abertas apesar da neve. Armando Mourisco refere que foi decidido com as autoridades que os alunos que vivem mais perto da Serra do Montemuro e das zonas mais afetadas pela neve em Cinfães ficassem esta sexta-feira em casa.

Segundo informações da GNR, também estão cortadas ao trânsito as estradas municipais 1123 entre Bigorne e Resende, 553/1 entre Felgueiras e Bigorne, em Lamego, bem como a 553 entre Panchorra e Ovadas, no concelho de Resende, e a 515/1 que liga Tabuaço a Vale de Figueira.

Também as estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela foram encerradas, com a circulação proibida nos troços Piornos/Cruzamento da Torre, Cruzamento da Torre/Torre e Cruzamento da Torre/Lagoa Comprida, Lagoa Comprida/Sabugueiro, Sabugueiro/Cruzamento de Gouveia/Penhas Douradas/Manteigas e Manteigas/Covilhã, não havendo previsões quanto à reabertura.

A neve vai continuar até às 18h00 desta sexta-feira, colocando o distrito de Viseu sob aviso amarelo, com possibilidade para impactos em vias condicionadas ou interditas ao trânsito e danos em estruturas e árvores.

No fim de semana, a chuva e o frio vão continuar na região de Viseu, com temperaturas que poderão chegar a 1 grau no sábado e domingo (dias 5 e 6), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, com possibilidade de formação de geada.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts