A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Rebentamento de conduta de gás obriga à retirada de 100 pessoas em Mortágua

 

Luís Filipe

Comandante dos Bombeiros de Mortágua


 

Luís Filipe diz que o acidente não provocou feridos


19-08-2019
 

O rebentamento de uma conduta de gás na Vidraria de Mortágua, na zona industrial do concelho, obrigou esta segunda-feira (19 de agosto) à evacuação dessa empresa e de uma outra, com a retirada de 100 pessoas do local, por precaução.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu avançou que o alerta foi dado às 9h20 e que no local estiveram 16 operacionais, apoiados por seis viaturas. Às 10h40, de acordo com a mesma fonte, o funcionamento das empresas regressou à normalidade.

Em declarações ao Jornal do Centro, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Mortágua, Luís Filipe, explica que o rebentamento foi provocado por um bulldozer, que atravessou uma zona onde se encontrava uma conduta de gás natural. Este equipamento pesado estava a trabalhar em obras de terraplanagem e movimentação de terras.

“À chegada do piquete de emergência das infraestruturas, foi fechada a válvula de segurança e, assim que se procedeu ao fecho da passagem do gás, foi reposta a normalidade. A nossa intervenção deveu-se à prevenção e segurança e à evacuação das pessoas”, refere.

Luís Filipe garante que o acidente não provocou feridos. “Houve apenas estragos na conduta e uma alimentação violenta do gás durante bastante tempo, sem fogo. Tivemos de cortar a estrada nacional, que passava a cerca de 100 metros do local, e evacuar duas unidades industriais por precaução”, remata acrescentando que já estão a ser avançados trabalhos de reparação.

Para a zona industrial de Mortágua, deslocaram-se 16 operacionais, apoiados por seis viaturas.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT