A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Viseu foi uma das regiões que teve maior quebra nas insolvências em 2018

Viseu, insolvências, empresas, 2018
10-01-2019
 

Viseu foi um dos distritos do país onde as insolvências das empresas mais diminuíram em 2018. Segundo dados fornecidos pela empresa Iberinform, a região registou uma quebra de 24,2% (por cento) em comparação com o ano anterior e superou o distrito de Leiria, que teve uma descida de 23,8%.

Portalegre (27,8%), Madeira (25,7%), Setúbal (25,4%) e Évora (24,4%) estão no topo das quedas de insolvências. Estas seis regiões estão em contraciclo com os oito distritos que tiveram aumentos.

Os maiores aumentos verificaram-se em Angra do Heroísmo (mais 90% que em 2017), Horta (60%), Guarda (37,3%), Castelo Branco (20%) e Faro (14,1%).

De acordo com a Iberinform, o tecido empresarial português cresceu 12,2% em 2018, para 45.386 novas empresas, mais 4.921 face a 2017, e registou uma redução de 6,3% nas insolvências, para um total de 5.888 empresas, menos 396 em comparação com o período homólogo.

Lisboa e Porto têm as constituições e as insolvências mais elevadas. Enquanto a capital teve 15.829 novas empresas e 1.555 falências, já a cidade invicta registou 8.179 sociedades criadas e 1.400 insolventes.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT