21 Set
Viseu

Região

Árvores do Mercado 2 de Maio “estão a morrer”, alertava tarja colocada nas grades

por Redação

19 de Maio de 2020, 16:53

Foto Arquivo Jornal do Centro

Alerta foi, entretanto, durante esta terça-feira, retirado do local

CLIPS ÁUDIO

Uma tarja, na entrada do Mercado 2 de Maio, em Viseu, alertava para o facto de as árvores existentes na praça não estarem a ser regadas, e cobertas com uma tenda há vários meses.

O "recado", entretanto retirado durante esta terça-feira (19 de maio), foi colocado junto à porta principal virada para a Rua Formosa, uma das artérias que volta gradualmente a ser uma das mais movimentadas da cidade.

Nele, podia-se ler que as magnólias "estão a morrer" à sede, estando confinadas desde 2019, não por causa da pandemia da Covid-19, mas devido a maus tratos.

Nesta denúncia pública, era ainda dito que as árvores estão privadas de chuva há mais de meio ano, lembrando que a água é essencial para a sobrevivência desta espécie autóctone.

Ao Jornal do Centro, a Câmara de Viseu garantiu que tem efetuado a rega das árvores e que continua a monitorizar o estado das espécies. Quanto à tenda instalada da praça, a autarquia explica que ainda não foi retirada porque a empresa credenciada para o efeito se encontra em lay-off e não dispõe de recursos humanos disponíveis.

O município diz ainda que está à procura de outro fornecedor habilitado no mercado para levantar a tenda.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts