30 set
Viseu

Sociedade

Autoridades preocupadas com jovens que passam por comportamentos abusivos

por Redação

14 de fevereiro de 2020, 13:25

Foto Arquivo Jornal do Centro

Comportamentos violentos e controladores no namoro são as maiores preocupações

CLIPS ÁUDIO

14 fev 2020

d

14 fev 2020

d

14 fev 2020

d

São reduzidas as queixas apresentadas por agressões no namoro no Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica do distrito de Viseu. A diretora Carla Andrade confirma essa mesma realidade ao Jornal do Centro, no dia em que se assinala o Dia dos Namorados.

“Em 240 pessoas que atendemos em 2019, apenas três se referiam a situações de violência no namoro. Um destes casos tratava-se de um casal adulto. Havia outras situações em que a vítima era um homem e a agressora era uma mulher”, explica.

Os jovens têm vários comportamentos violentos e controladores no namoro, mas nem sempre se apercebem disso. Algo que Carla Andrade considera preocupante.

“É muito frequente haver jovens que admitem sofrer de comportamentos abusivos por parte do namorado ou namorada, nomeadamente controlo das redes sociais, controlo acerca das amizades e controlo na forma de se vestir. Parte destes jovens normaliza muito este tipo de situações e veem isso como manifestações de afeto”, admite.

Carla Andrade diz ainda que o Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência do distrito tem dificuldades em fazer entender aos jovens que estão a ser vítimas. “Tentamos que eles percebam o que é errado e que estas situações podem prolongar-se até à vida adulta, porque em muitas das situações que recebemos de mulheres vítimas de violência doméstica, existiam comportamentos abusivos no namoro”, remata.

O Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência do distrito de Viseu tem ido às escolas para sensibilizar os jovens para os comportamentos abusivos e agressivos nas relações amorosas.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts