15 Jul
Viseu

Sociedade

Exigidas medidas de apoio face às quebras na produção de cereja

por Redação

26 de Maio de 2020, 18:28

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O PS quer que o Governo adote medidas de apoio para os produtores das regiões de cereja afetadas pelas condições meteorológicas adversas, que provocaram quebras de produção e prejuízos muito significativos.

Num projeto de resolução apresentado na Assembleia da República, que tem como primeiros subscritores os deputados eleitos pelo círculo de Castelo Branco (Hortense Martins, Joana Bento e Nuno Fazenda), é apontada a situação da produção de cereja do Fundão, com quebras acima dos 70% (por cento) e um prejuízo superior a oito milhões de euros.

"As condições meteorológicas adversas e extremas, entre o final de março e início de abril deste ano, nomeadamente neve, chuva intensa, queda de granizo e geada fora de tempo, causaram uma quebra de produção que se estima em cerca de 70%, num prejuízo direto de oito milhões, sendo um impacto muito significativo na economia local, na medida em que as perdas não se refletem apenas para os produtores, mas têm também reflexo direto nos trabalhadores e no comércio local", apontam.

Segundo ressalvam, aos prejuízos acresce ainda os danos provocados pela crise sanitária da covid-19 e as restrições que levaram ao cancelamento de certames, como a Festa da Cereja, em Alcongosta, no concelho do Fundão, e a Feira da Cereja, na freguesia do Ferro, concelho da Covilhã, que atraem milhares de pessoas à região, em tempos ditos normais.

"O flagelo, neste setor, está instalado", sublinham, alertando ainda para a situação de Resende, no distrito de Viseu, onde as quebras podem rondar os 50%.

Ressalvando que o Governo já está a acompanhar a situação, os deputados recomendam ao Governo que adote "medidas que visem apoiar os produtores de cereja das DOP/IGP existentes, de forma a assegurar o seu rendimento e potencial das produções para futuras campanhas" e que promova, junto dos produtores do setor, ações de sensibilização/divulgação da possibilidade de contratação de seguros de colheita com apoio público de 60% a fundo perdido".

O PCP já tinha pedido apoios para os produtores de cereja de Resende e Lamego, apelando ao Governo que tome medidas para compensar as perdas de produção de cereja em Lamego e Resende, que rondam entre os 60 e 70%.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts