27 out
Viseu

Sociedade

Homem espanca mulher até à morte e morre em acidente em Oliveira de Frades (atualizado)

por Redação

04 de setembro de 2020, 11:41

Foto Igor Ferreira

CLIPS ÁUDIO

Um homem, de 51 anos, é suspeito de ter espancado até à morte a companheira, de 38 anos, em Pinheiro de Lafões, no concelho de Oliveira de Frades. O crime ocorreu na noite de quinta-feira (3 de setembro), por volta das 22h00.

Ao que o Jornal do Centro apurou, a vítima foi violentamente espancada e atingida com dois tiros na cabeça. Também terá sido regada com um líquido que as autoridades acreditam ser ácido. O filho, de nove anos, assistiu a tudo. O casal já estava separado há algum tempo.

O mesmo suspeito acabou por morrer, minutos depois, num acidente de viação. Depois de ter matado a mulher, o homem fugiu com o filho de carro e despistou-se por uma ribanceira com cerca de 300 metros em Valadares, no concelho vizinho de São Pedro do Sul. O homicida faleceu no local.

O relações públicas da GNR de Viseu, o tenente-coronel Adriano Resende, acrescenta ao Jornal do Centro que o alerta para o acidente foi dado cerca das 22h30. O militar refere, ainda, que a mulher já estava com paragem cardiovascular quando foi encontrada pelos bombeiros numa outra viatura junto à habitação do casal, que já estava separado.

A criança apresentava ferimentos graves, mas conseguiu contar tudo o que viu. Disse que estava preocupado com a mãe, que tinha sido agredida pelo pai e regada com um líquido. Os Bombeiros Voluntários de Santa Cruz da Trapa alertaram os colegas de Oliveira de Frades, que, ao chegarem à habitação do casal, se depararam com o crime.

Adriano Resende, da GNR, confirma que a mulher foi agredida fisicamente. “Havia indícios de ter sido regada com um líquido. As diligências de investigação e recolha de vestígios estão a ser feitas pela Polícia Judiciária, acrescenta. 

O rapaz foi assistido e transportado para o Hospital de Viseu, estando livre de perigo. O caso está agora a ser investigado pela PJ.

Este foi o segundo caso de uma mulher assassinada no distrito de Viseu em apenas três semanas. No passado dia 14 de agosto, uma mulher foi morta pelo ex-companheiro em Lalim, no concelho de Lamego. As autoridades ainda continuam à procura do suspeito.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts