A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

"A região necessita de estratégia conjunta de desenvolvimento"

Conversa Central, Jorge Coelho
 

Conversa Central com Jorge Coelho

Programa completo


01-09-2019
 

A queijaria Vale da Estrela, que criou e instalou em Mangualde, ganhou um prémio internacional em França. Receber um prémio é sempre uma satisfação?

Ter recebido, num concurso mundial, a medalha de prata para o “queijo velho curado” DOP é um grande estímulo para a região, para o distrito de Viseu e concelho de Mangualde. Partilho e dedico o prémio à COAP, Cooperativa de Mangualde, aos quarenta pastores e queijeiras que trabalham connosco. Sem eles nada disto era possível. É um estímulo para ir mais longe.

O Instituto Politécnico de Viseu vai ter uma escola de pastores, projeto integrado no Programa de Valorização da Fileira dos Queijos da Região Centro. Como empresário ligado ao setor do queijo como olha para esta iniciativa?

Esta foi mais uma iniciativa da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, liderada pela Dra Ana Abrunhosa, que vem dar uma ajuda na coesão e desenvolvimento regional. E ao que sei já há 150 inscrições. Esta fileira é muito importante para a afirmação da região ligada ao queijo da Serra da Estrela.

Na sequência deste projeto, na freguesia de S. João da Fresta, em Mangualde, está a preparar-se a construção de um ovil de grande dimensão. É uma estrutura que poderá ser muito importante para receber alguns dos pastores que vão ser formados no Politécnico de Viseu com perspectivas de terem emprego a curto prazo.

Está envolvido na organização do colóquio: “Que estratégia para atrair mais e melhor investimento e emprego para a região”, no âmbito da candidatura do PS às legislativas de outubro. Vão participar antigos e atuais ministros e empresários. O que nos falta não é a concretização em vez da estratégia de que se fala há muitos anos?

É preciso um novo impulso para que o desenvolvimento se consiga corporizar a sério na região. O distrito tem indicadores muito diferentes sobre o desenvolvimento regional no norte e no sul do distrito de Viseu. Tem que se fazer um esforço para que toda a região, como um todo, tenha uma estratégia de desenvolvimento. E para isso é preciso atrair mais investimento e mais emprego…

Mas isso já se sabe e se fala há décadas. O que falta não é a concretização?

Mas já hoje no distrito há muitos concelhos onde há um forte investimento. São os casos de Mangualde, Nelas, Tondela, etc. Há muito investimento a chegar. O que precisamos é de uma estratégia para que a região tenha uma maior coesão. Há também que olhar com atenção para a falta de recursos humanos que a região tem. Precisamos de requalificar os recursos humanos para atrair melhor investimento. Não podemos entrar na lógica e afirmação de que o investimento está parado no distrito. Não é verdade. Todos os indicadores são favoráveis. Precisamos é de mais e melhor para que os ordenados sejam melhores e a qualidade de vida superior. É esse salto que é preciso dar e que eu acho que a região tem condições para o dar.

Elisa Ferreira foi escolhida para comissária europeia portuguesa. No dia em que estamos a ter esta conversa não se conhecia a pasta que lhe será atribuída. Qual deveria ser?

Elisa Ferreira é uma pessoa com uma capacidade extraordinária. Durante seis anos fomos colegas no Governo. É mais uma prova que Portugal tem quadros extraordinários para ocupar os mais altos cargos na Europa e no mundo. Não tenho dúvidas de que terá um papel relevante na futura Comissão Europeia e que será na área económica e financeira. O nosso país ficará bem representado como também o esteve pelo último comissário, Carlos Moedas.

E Pedro Marques, cabeça de lista dos eurodeputados do PS, vai ficar mesmo pelo Parlamento Europeu?

As eleições não foram para escolher o comissário europeu a indicar por Portugal.

Outros temas abordados na Conversa Central: a próxima campanha eleitoral e a troca de argumentos entre PS e BE; a cimeira dos G7; a catástrofe na Amazônia e as posições polémicas do presidente escolhido pelos brasileiros.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT