Geral

12 de 05 de 2024, 12:00

Lifestyle

Casa de Santar e Adega de Silgueiros premiadas no concurso Vinhos de Portugal

Vinho Casa de Santar Oito Parcelas Tinto 2012 recebeu a distinção Grande Ouro no concurso promovido pela ViniPortugal, juntamente com o Vinha do Contador Grande Júri Tinto 2013 e o Fonte do Ouro Grande Reserva Tinto 2018

adega casa de santar

A Casa de Santar e a Adega de Silgueiros destacaram-se pelos prémios conquistados no concurso Vinhos de Portugal 2024, cujos galardões foram recentemente entregues no Mosteiro de Alcobaça.

O vinho Casa de Santar Oito Parcelas Tinto 2012 recebeu a distinção Grande Ouro no concurso promovido pela ViniPortugal para reconhecer o que de melhor se faz no setor em Portugal. O produto nasce de uma combinação de seis castas: Touriga Nacional (50%), Tinta Roriz (10%), Alfrocheiro (15%), Jaen (10%), Alicante Bouschet e Tinto Cão (7,5% cada).

"Foi com enorme satisfação que recebemos este prémio para o nosso Casa de Santar Oito Parcelas 2012, um vinho que espelha, na sua essência, o compromisso e o posicionamento que estamos a traçar para os vinhos premium da Casa de Santar, produtos diferenciados e de elevada qualidade, que refletem um profundo respeito pelo legado, pelo terroir e pela natureza", disse o CEO da Global Wines, Manuel Pinheiro, sobre o prémio dado ao vinho que está à venda por 75 euros.

A empresa proprietária da Casa de Santar foi ainda premiada no Vinhos de Portugal com uma outra medalha de Grande Ouro (Vinha do Contador Grande Júri Tinto 2013), sete de ouro e várias medalhas de prata.

Já a Adega de Silgueiros recebeu três medalhas de ouro no mesmo concurso pelo D. Daganel Tinto Grande Reserva 2017, Morgado de Silgueiros Garrafeira 2013 e Vinho Branco Dão Colheita Selecionada 2022, este último produzido para o Pingo Doce.

Ainda da região do Dão, o concurso Vinhos de Portugal reconheceu o Fonte do Ouro Grande Reserva Tinto 2018 da Sociedade Agrícola Boas Quintas com a medalha de Grande Ouro.

Também foram distinguidos com medalhas de ouro vinhos da Quinta de Lemos (Dona Santana Tinto 2015 e Touriga Nacional Tinto 2015), da UDACA (Invulgar Tinto 2020), da Quinta das Queimas (Queimas Branco 2020), da Sogrape (Quinta dos Carvalhais Reserva Tinto 2020), da Magnum Wines (Ribeiro Santo Vinha da Neve Encruzado Branco 2021), da Caves Campelo (Terras de Viriato Tinto 2015) e do Abrigo da Passarela (Villa Oliveira Encruzado Branco 2021).

A 11.ª edição do Vinhos de Portugal contou com mais de 1 300 referências a concurso e que foram avaliadas por um júri composto por mais de 130 especialistas de diferentes nacionalidades.

Também recentemente, a Adega de Silgueiros foi reconhecida com três medalhas de ouro no Challenge International Du Vin, em França, pelos vinhos D. Daganel Tinto, D. Daganel Branco e Morgado de Silgueiros Encruzado.