Geral

08 de 04 de 2021, 17:06

Diário

Óbito/Jorge Coelho: Município de Viseu lamenta morte de homem que se destacou pelos êxitos

Câmara levará à aprovação um voto de pesar pela morte de Jorge Coelho na próxima reunião do executivo

Imagem

O Município de Viseu lamenta “profundamente o falecimento” de Jorge Coelho. Em comunicado, faz saber que o ex-ministro socialista, que morreu na quarta-feira (7 de abril), “alcançou o sucesso como empresário e gestor, mas foi na política que se destacou com inegável êxito, tanto no Partido Socialista como em diferentes Governos de Portugal”.

“Nasceu em Mangualde há 66 anos, pelo que se assumiu como uma figura incontornável na região e no distrito de Viseu. O seu desaparecimento súbito deixa a região e o país mais pobres”, lê-se no comunicado.

O Município informou ainda que levará à aprovação um voto de pesar pela morte de Jorge Coelho na próxima reunião do executivo.

O corpo de Jorge Coelho vai ficar no jazigo da família em Contenças, Mangualde. A cerimónia realiza-se no sábado (dia 10), às 14h30. Antes, as homenagens ao ex-ministro socialista são feitas em Lisboa.

Nesta sexta-feira (dia 9), o corpo de Jorge Coelho chegará à Basílica da Estrela por volta das 20h30 para o velório e apresentação de condolências. Já no sábado, haverá missa às 10h00. Depois da missa, segue então para a sua terra, Contenças.

Jorge Coelho morreu aos 66 anos, na sequência de um ataque cardíaco fulminante quando se encontrava na Figueira da Foz.


Mais Notícias