Geral

24 de 05 de 2024, 18:30

Cultura

Concertos, workshops e espetáculos trazem ''mais mundo'' para Viseu

Festival Trip acontece este sábado no Parque Linear do Rio Pavia e é dedicado às comunidades migrantes, celebrando o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento

festival trip viseu

Fotógrafo: Gilberto Figueiredo/Festival Trip

O Parque Linear do Rio Pavia, em Viseu, recebe este sábado (25 de maio) o festival Trip, que, na segunda edição deste ano, dedica-se às comunidades migrantes, celebrando o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento. Concertos, workshops e espetáculos são algumas das propostas do evento que tem como mote “Trip Mais Mundo”.

O programa inclui um mercado gastronómico multicultural, organizado em parceria com a Associação Casa do Brasil. Às 15h00, arranca o concerto da Orquestra de Batukadeiras, formada por mulheres cabo-verdianas que habitam no bairro da Cova da Moura e dedicada à divulgação do batuque e da cultura de Cabo Verde.

Às 16h00, a Quinta Oficina apresenta o espetáculo de teatro infantojuvenil “A Caixinha de Música”, uma peça que tem como cenário uma caixa gigante com gavetas misteriosas que guardam “jóias musicais e histórias infinitas”. “A bailarina que lá deveria estar, foi dançar para outro lado, mas o seu amigo palhaço jardineiro ficou no seu lugar e com a promessa de bem usar a ‘corda’ que lhe derem. O público escolhe, eles improvisam, mas fica aqui já um conselho: não lhes deem muita corda”, conta a sinopse.

Pelas 17h00, arranca o espetáculo participativo “Multi Cool Coral”, juntando vozes de todas as nacionalidades num projeto criado por Margarida Mestre, que será acompanhada por André Nunes e músicos da Banda Filarmónica de Ribafeita. O coro vai interpretar canções de trabalho, de embalar, de amor, de partida ou sobre a vida oriundas de vários lugares num projeto que pretende ser multicultural.

Às 17h30, acontece o workshop “Pequenas Grandes Curiosidades para Pequenos Grandes Curiosos”, orientado por Daniela Fernandes. A oficina é dedicada aos pequenos exploradores que vão poder explorar “o fascinante mundo das curiosidades quotidianas, desde factos surpreendentes sobre animais até segredos incríveis da natureza”, realça a organização do Trip.

Pelas 18h00, começa a leitura encenada ‘88 Coisos de Un Minuto’, de Rubén Sabbadini. E, às 19h00, arranca o baile de danças do mundo da compositora, acordeonista e cantora Celina da Piedade e de Ana Santos.

Este ano, o festival Trip tem três datas de realização. O primeiro dia foi a 27 de abril, na Biblioteca Municipal e no Carmo'81, e foi dedicado aos 50 anos da Revolução dos Cravos. A terceira data está marcada para 30 de junho.